A PRIMEIRA DA FM

 

Notícias

Entretenimento

12/02/2019 Voltar

Despedida de Ricardo Boechat

Gênio. Um gênio da comunicação. Um profissional completo. Premiado em diferentes categorias de jornalismo. Professor. Como se não bastasse, extremamente carismático, generoso com o público.

Ricardo Boechat é o raro exemplo de pessoa que se fez presente na vida de todos, e que quando se foi, deixou exposta essa presença em manifestações consternadas de brasileiros que simplesmente o amavam. Simplesmente amor e admiração de colegas de profissão e cidadãos que se sentiam representados por ele. Mais do que isso. Se sentiam parte da família dele.

Ricardo Boechat. Que lacuna você deixou.

Que tragédia inquietante. Sim, pois tudo o que fizemos desde então, foi tentar buscar conforto em explicações que não existem. Não existe explicação para uma fatalidade tão absurda... Mesmo após análises, mesmo após tudo ser colocado a limpo... Que circunstâncias difíceis de serem digeridas...

Este é o sentimento.

Ricardo Boechat. Você é o que todos estão repetindo incansavelmente em homenagens incessantes. Uma sumidade.

A onda de comoção pela morte de Ricardo Boechat, perdurará em um luto ácido e incisivo como suas opiniões.

O jornalista faleceu ontem (11) aos 66 anos, em uma queda de helicóptero em São Paulo. O piloto Ronaldo Quattrucci também faleceu.

Veruska Boechat, mulher do jornalista, chegou ao velório que aconteceu na tarde de hoje (12) de mãos dadas com as duas filhas do casal, Valentina e Catarina, e com dona Mercedes, mãe de Boechat. Seu irmão Carlos Boechat também esteve no local, assim como muitos amigos e colegas como o apresentador Serginho Groisman, a jornalista Ana Paula Padrão, o humorista Márvio Lúcio, a modelo e apresentadora Mariana Weickert, o jornalista Celso Zucatelli, a apresentadora Astrid Fontenelle, os chefs Henrique Fogaça e Erick Jacquin, e muitos outros.  

“Eu quero falar que meu marido era o ateu que praticava o mandamento mais importante, que era o amor ao próximo”, falou Veruska Seibel.

E acrescentou: “Nunca vi alguém se preocupar a ajudar tanto todo mundo. Agora ele é nosso anjinho. Que Deus me ajude com as nossas filhas. Minha ficha ainda não caiu”.

Boechat era o recordista de vitórias no Prêmio Comunique-se, com 17 troféus, e o único a ganhar em três categorias diferentes (Âncora de Rádio, Colunista de Notícia e Âncora de TV). Em pesquisa do site Jornalistas & Cia em 2014, que listou cem profissionais do setor, Boechat foi eleito o jornalista mais admirado.

Suas vitórias no Prêmio Esso foram:

Categoria Reportagem, em 1989, pela Agência Estado, com Aluizio Maranhão, Suely Caldas e Luiz Guilhermino;

Categoria Informação Política, em 1992, por sua coluna em "O Globo", com Rodrigo França;

Categoria Informação Econômica, em 2001, novamente por sua coluna em "O Globo", com Chico Otávio e Bernardo de la Peña.

Ricardo Boechat iria receber, das mãos de Silvio Santos, o Troféu Imprensa de Melhor Apresentador de Telejornal em abril deste ano.

A cerimônia de cremação do corpo do jornalista Ricardo Boechat terminou por volta das 16h30 desta terça-feira (12) no Cemitério Horto da Paz, em Itapecerica da Serra, na Grande São Paulo. A cerimônia privada foi acompanhada por familiares e amigos de Boechat e durou 30 minutos.

Na manhã de hoje (12) a equipe de jornalismo da rádio BandNews FM prestou homenagem ao jornalista. A emissora abriu o noticiário com um tributo no horário em que ele se apresentava todas as manhãs.

Na homenagem, eles usaram a tradicional vinheta, “7 horas e 30 minutos, eu sou Ricardo Boechat”, e reuniram depoimentos de ouvintes que sempre acompanharam o jornal na rádio, do qual o jornalista era âncora. “Boechat nada mais é do que a nossa voz, do povo brasileiro, que fala o que nós gostaríamos de falar“, disse um ouvinte. “É uma tristeza muito grande essa perda que nós temos hoje”, afirmou outro.

No programa, eles também exibiram a cadeira que era ocupada por Boechat, que não será mais usada. “Essa cadeira foi aposentada hoje. Essa aí nunca mais vai ser usada por ninguém e vai ficar para sempre enfeitando o estúdio da Rádio BandNews FM e nos trazendo a memória do homem que mudou o jornalismo, a maneira de se comunicar, que foi o nosso pai e nosso professor”.

Ao som de “Amor Pra Recomeçar”, do Barão Vermelho, a homenagem foi encerrada com uma mensagem de Eduardo Barão, colega de Boechat. “A nós jornalistas, mas acima de tudo, amigos, colegas do querido Ricardo Boechat. Fica uma missão aqui na BandNews FM e a gente vai cumprir. Como você falava e pedia todos os dias: toca o barco”.

Assim toda a equipe do Sistema Menina de Comunicação também presta homenagem a Ricardo Boechat. Usando seu exemplo todos os dias para fazer um jornalismo de verdade, ecoamos junto a todos os colegas que todos os dias tem a responsabilidade de representar e informar a população: TOCA O BARCO!

 

Colegas da Rádio BandNews FM fazem homenagem a Boechat:

Balneário Camboriú

Av. do Estado, 1555
Camboriú Work Center
Pioneiros - Balneário Camboriú/SC
CEP: 88331-900

(47) 2103.6000

Blumenau

Rua 7 de Setembro, 473
Centro - Blumenau/SC
CEP: 89010-201

(47) 2102.6500

Lages

Av. Luís de Camões, 1370
Coral - Lages/SC
CEP: 88523-000

(49) 3224.5574

TV Mocinha Balneário Camboriú

Av. do Estado, 1555
Camboriú Work Center
Pioneiros - Balneário Camboriú/SC
CEP: 88331-900

(47) 2103.6020